Compartilhar

Alejandro Reyes e Nabil Almoukri produtor homenagem presente e gravação de referência para o cantor de flamenco Alfonso Salmeron por seus 50 anos de flamenco

Alejandro Reyes e Nabil Almoukri produtor homenagem presente e gravação de referência para o cantor de flamenco Alfonso Salmeron por seus 50 anos de flamenco

José Mercé, Arcanjo, Argentina, Vicente Soto surdez e Arcanjo são alguns dos artistas que se irão realizar amanhã no maior escola Saint John o Evangelist para prestar homenagem ao cantor Alfonso Salmeron Almeria, quando eles se conheceram 50 seus primeiros anos de atuação profissional.

Salmerón (1944) Sempre foi, recorda o crítico Marcos Escánez no programa elaborado pelo San Juan Evangelista, rigorosa das canções mais ortodoxo e ao mesmo tempo aberto para o “óculos novos” Isso iria enriquecer seu universo musical, motivo, por exemplo, Ele colaborou com José Carreras e Herbert von Karajan.

O tributo, salienta Escanez, ES “a confirmação de um reconhecimento coletivo de grande artista” Mas também “a amostra de admiração ao mestre, desinteressado empresa parceira e, acima de tudo, o abraço afetuoso” um “grande pessoa”.

Salmerón começou a cantar em Almeria, com o grupo “Pintassilgos”, Ele trabalhou nos tablados de Barcelona com a família “Habichuela” (Juan e Luis Carmona) e a vida da idade da 60 em Madrid, onde ela trabalhou em todos os quartos do flamenco.

Os artistas que acompanham amanhã Salmeron, Ela também vai cantar, são, Além de Mercè, Arcanjo, Argentina e Soto surdez, Cancanilla de Marbella, Gabriel Moreno, O filho de el Gastor, O Gegê Cadiz, Maria Jose Perez, A bigorna, Jesus cabanas e Dennis Hissink.

A guitarra será Vicente Monge Serranito, José María Molero, Juan de Madrid, Antonio Maya, Rafael Andujar, Juan Antonio Muñoz e Antonio Reyes, e na gaveta Salmerón Oscar.

{phocagallery view = categoria|CategoryID = 3}

 

 

 

Compartilhar post:

Deixe um comentário

Seu e-mail está seguro conosco.